Does it make any sense?! No? So, welcome.
14
Abr 08
publicado por Andi, às 19:19link do post | comentar

Quanto mais me dizem sim, menos eu quero. Quanto mais me tentam convencer, mais céptica me torno. Quando é suposto eu gostar de coisas "femininas", e ter certos comportamentos que ficam bem a qualquer menina da minha idade, não os tenho, e orgulho-me disso. Serei menos mulher por isso? Não o sinto, aliás sinto-me mais mulher por ser como ser, sem ter que fingir que gosto de falar sobre limpezas e a melhor maneira de arranjar as unhas, e pintá-las de mil e uma cores, nem ir constantemente às compras, embora admita que esporadicamente faz muito bem. Gosto de andar descalça, gosto de esfregar os olhos com muita força de manhã, para acordar, sem ter a preocupação se estão borrados, gosto de estar confortável, gosto de saber que se estiver atrasada posso correr à vontade, pois os sapatos assim o permitem... Gosto de sair de casa, e dar voltar por aí, gosto de ver os bichos que passam na parede e às vezes tocar neles. Gosto, não gosto, gosto, não gosto, gosto, não gosta... Não importa, os gostos são mutáveis, mas a minha essência não (pelo menos assim espero), e se isso significar ser uma espécie de ET em algumas situações, que o seja! Pronto, mais uma confidência irracional. Demência libertada por fim.


Só para dizer que podem mandar as respostas ao desafio fragmento para o meu email, que que esses mesmo textos vão ser postos aqui daqui a duas semanas.
sinto-me:
música: Just like heaven - The Cure

Obviamente não és menos mulher por tudo isso. Para mim, uma mulher como tu te descreveste até é uma pessoa mais interessante. Como homem, não gosto das mulheres "padrão" da sociedade: não gosto das que se pintam demais, das que parecem barbies, siliconadas. No fundo, aceito a mulher com todos os seus "defeitos" (se-lo-ão?). Por exemplo, o momento em que prefiro ver a minha namorada é de manhã, ao acordar. Voz rouca e ensonada, olhos inchados, cabelo no ar, e a pele a libertar um suave aroma natural. :) Não dá é vontade de levantar :P
dottoratoamilano a 14 de Abril de 2008 às 20:14

Obrigado pelo comentário Eu também acho que não sou, mas existem dias assim, que, por instantes nos fazem pensar nisso... Compreendo e também concordo com o teu ponto de vista. Levantar?! Hmm, nunca dá vontade,pelo menos para mim :P
Andi a 15 de Abril de 2008 às 00:09


Bate o pé bem batido
que isto vai evoluído
possívelmente serás magia
neste mundo já perdido
e falo p`ra ti
que vais crescer
na miséria do tempo
que tentas viver


dos regatos, calhaus e fragas da Serra
BJOS
jabeiteslp a 15 de Abril de 2008 às 10:58

pesquisar neste blog
 
Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29


blogs SAPO