Does it make any sense?! No? So, welcome.
16
Abr 10
publicado por Andi, às 19:33link do post | comentar | ver comentários (3)

Por vezes há aquele estereótipo que ou temos que ser de Ciências, analíticos e objectivos ou de Artes, sensíveis e subjectivos, e embora eu ache que me enquadro melhor na primeira categoria, não sou insensível a outras ciências que não a minha. Estava aqui a estudar Bacteriologia quando se me deparou padrões bastante interessantes que as bactérias apresentam em crescimento, e cuja razão ainda é um pouco desconhecida, pode estar relacionado com a concentração de nutrientes ou a presença de líquido à superfície da colónia, mas o que realmente conta neste momento são esses padrões. Será que o professor vai perguntar por eles amanhã na frequência?

 

 

sinto-me: cientifica xD

02
Mar 10
publicado por Andi, às 19:03link do post | comentar

Quando nos queixamos que temos muito tempo livre e as tardes são um tédio, as noites custam a passar, e estamos já com o corpo dorido de estar na cama de manhã, chegam as aulas, aquelas coisas boas que acontecem com duração variável desde uma hora, nas aulas teóricas, às três horas, nas aula laboratoriais. Eis que chega a hora de conhecer a nova turma do semestre: uma turma constituída unicamente por raparigas. Eu sou uma delas, obviamente, mas a falta de elementos masculinos perturba-me deveras, visto que nesse aspecto dou-me melhor com o sexo oposto.

 

Podia ser ainda que o semestre não fosse tanto pesado como o anterior, que as cadeiras, perdão, unidades curriculares, fossem um pouquinho menos exigentes, e que não obrigassem a um trabalho de 500 horas fora da faculdade e a uma permanência de 5 horas na mesma, mas não, claro que não. Tenho aulas teóricas dois dias por semana, tenho trabalhos de grupos semanais, cuja apresentação só um aluno faz, de um tema aleatoriamente escolhido pelo professor, tenho outro trabalho para apresentar daqui a três semanas de quarenta e cinco minutos baseado num artigo de onze páginas, na cadeira com carácter social que destoa das outras de "hard science", provavelmente o trabalho será apresentado numa voz muuuuuuuittttoooo pausaaaaadaaaa e com prováveis detalhes completamente fora do contexto do trabalho. Para além disto tenho duas cadeiras laboratoriais semanais, e outra quinzenal, em que é necessário preparação dos trabalhos, e ocasionalmente apresentação de trabalhos orais sobre os trabalhos laboratoriais.

 

 

Dito isto não foi sem esboçar um grande sorriso de ironia que ouvi uma das minhas professoras a dizer hoje que "Vocês nunca estudam nada para as aulas!".

 

 

E mais não digo, que a reclamação já vai longa e tenho de garantir tempo para satisfazer as minhas necessidades mundanas.

sinto-me: rabugenta
música: Yann Tiersen

12
Fev 10
publicado por Andi, às 13:30link do post | comentar

Já acabei os exames. Ontem fiz a última melhoria, que nem deve chegar a positiva, mas sabe bem acabar um semestre sabendo que se passou a tudo!! O último senão foi a média. Talvez tivesse conseguido melhor. Tenho que repensar o meu método de estudo. Mas depois, agora tenho férias até ao final de Fevereiro! Muahahahaha!

sinto-me: descansada

20
Jan 10
publicado por Andi, às 20:25link do post | comentar | ver comentários (3)

grande oportunidade de irem fazer um exame de Bioquímica esta sexta-feira. Não percam esta óptima oportunidade de marrar infinitamente processos biológicos com milhares de intermédios e enzimas. Os muitos candidatos, que eventualmente concorrerão serão escolhidos com base na probabilidade de me passarem a cadeira.

 

Podem começar a candidatar-se a partir de...AGORA!!!


22
Out 09
publicado por Andi, às 12:29link do post | comentar

1. O escoamento em Lisboa é óptimo! Não há nada que eu adore mais nesta cidade. O único pormenor que eu gostava de ver resolvido era que ele realmente existisse. Muito simples, na terça-feira enquanto me dirigia à faculdade, com o meu guarda- chuva foleiro, mas essencial em dias de chuva, que até por acaso nem chovia muito, ia eu pelos caminhos tortuosos daquela imitação de relvado em frente à reitoria, pensando que era o Rambo, ao caminhar sobre a relva lamacenta, desviando-me dos carros, e correndo nas passadeiras, o que realmente aconteceu foi que fiquei alagada até às cuecas, e por conseguinte faltei à aula. Para além de tudo o que referi, e acrescentando que nesse trajecto não existem passeios, pois estão a ser remodelados, tenho ainda que agradecer aos condutores conscientes que quando vêm uma autêntica ribeira na estrada, em que há uma altura estupidamente elevada de água, aceleram como a Elisabete Jacinto no Lisboa-Dakar. Um sincero muito obrigado!

 

2. Dar sangue não custa nada. Hoje fui fazer a minha primeira doação e sinceramente, é algo que até pode ser agradável. Neste momento escrevo com o meu braço esquerdo com dois pensos, e não me custa teclar (grande coisa não?). Por isso não sejam pussys e façam como eu.

 

3. A última constatação é do conhecimento geral (right...), eu não tenho tido motivo, pachorra, motivação para escrever no blog, Preciso de um brainstorm!

sinto-me: sem sangue! xD
música: Teardrop - Massive Attack

pesquisar neste blog
 
Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


blogs SAPO