Does it make any sense?! No? So, welcome.
17
Set 07
publicado por Andi, às 18:44link do post | comentar | ver comentários (6)

Acordou. Já devia ser tarde, o sol já penetrara no quarto havia muito, es brilhava agora intensamente. Pensou consigo mesma que seria um dia óptimo para ir dar um passeio a beira-mar. Contudo, estava com uma preguiça descomunal, nem lhe apetecia mover um músculo sequer.

 

Deitada na cama, por cima dos lençóis brancos, pois havia dormido daquela forma, Fantasia encontrava-se num estado de dormência, sabia estar desperta, não obstante sentia  um torpor em todo o seu corpo. Estava toda pintada, de várias cores, e mesmo assim não se importava. Tinha a pele ressequida pela tinta de pouca qualidade, tinha as mãos e os pés sujos, pois raramente usava sapatos. Achava-os esquisitos, demasiado protectores, incómodos. Gostava de se sentir em liberdade e de sentir o chão que pisava, mesmo que não fosse assim tão agradável.

 

 

Passado algum tempo decidiu que já era mais que hora de levantar, não iria ficar ali deitada, imóvel o dia todo, isso era desperdiçar o dia. Então, e sem mais delongas, saltou da sua humilde cama de um salto, e espreguiçou-se lentamente. Quando parou e olhou em volta, apoderou-se dela um rancor enorme... Haviam mexido na sua colecção de objectos, igualmente como nos seus quadros e tintas. Reparara, da mesma forma, que haviam muitas das suas coisas que não estavam no lugar, no seu devido lugar. Era como se tudo estivesse errado, a sua ordem havia sido perturbada, haviam entrado na sua esfera de intimidade de uma forma que ninguém havera entrado. Mais que constrangida, Fantasia sentiu-se furiosa, estava prestes a ultrapassar o limite da sua pacificidade...

sinto-me: ok
música: Fighting - Yellowcard

pesquisar neste blog
 
Setembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
14

16
18
20
21
22

23
24
26
29

30


subscrever feeds
blogs SAPO