Does it make any sense?! No? So, welcome.
10
Abr 10
publicado por Andi, às 11:42link do post | comentar | ver comentários (5)

Dir-se-ia, racionalmente, que um abismo mais não é que o final, o último passo, o precipício fundo e negro onde caímos sem parar tal como uma Alice perdida, é aquele lugar que todos pretendemos evitar, há quem escolha um caminho longo e enfadonho para nunca se deparar com um. Contudo o que não sabem, mas eu vos revelarei é que o abismo tem um outro lado. Se te afastares o suficiente para evitar que essa cegueira não congénita, mas permanente te tolde a perspectiva conseguirás ver. Tenta.
Tema: Abismo
para a

música: Marina and The Diamonds - Seventeen

06
Abr 08
publicado por Andi, às 22:23link do post | comentar | ver comentários (7)

Portanto, como já tinha dado a ideia e até algumas pessoas já aderiram, esta ideia de continuarem certos posts que escrevo vai para a frente. O primeiro já saiu e tem como nome "Fragmentos", possivelmente os outros também terão o mesmo nome, para se poderem orientar. Mas antes de lançar o desafio há a impor algumas regras.

1. Para cada "Fragmento" só podem haver, no máximo, cinco textos. É bastante complicado avaliar muitas continuações só para um único texto, e eleger só uma.

2. Quem quiser participar terá que se inscrever, escrevendo um comentário no post do "Fragmento". Os cinco primeiros a inscrever-se serão os que se comprometerão a escrever o resto da história. Se houver mais alguém interessado, terá de esperar por uma próxima vez.

3. Um fragmento sairá num Domingo à noite, de três em três semanas, pelo que os leitores têm esse tempo para elaborar a continuação da história.

4. A continuação do fragmento será enviada para o meu email - andi@sapo.pt - e deverá ter nome e o url do vosso blog ou site, o que quiserem pôr para se identificarem. A história não terá qualquer mínimo ou máximo de palavras, fica ao vosso critério. Mas terá que dar uma espécie de continuação e/ou final ao fragmento.

5. Todas as histórias deverão ser enviadas para o meu email até duas semanas após o fragmento ter sido escrito, para eu as colocar no blog, efectuando-se a votação online. que terá a duração de uma semana.

6.A história vencedora será editada num post juntamente com o fragmento.

E ainda não pensei muito numa forma de dar destaque a isso. Logo penso nisso, e conto também com a opinião dos possíveis participantes. Aliás, se não concordarem com estas regras, ou quiserem acrescentar algo, comentem a expressar a vossa opinião.

sinto-me: feliz :D
música: The Cure - Boys don't cry

03
Abr 08
publicado por Andi, às 23:31link do post | comentar | ver comentários (6)

Ao postar a última história, desta vez fragmentada, e ao receber um comentário que dizia que dava vontade de continuar a imaginar a história, que eu não me tinha proposto a acabar, como o nome indica, é um fragmento de algo, uma vida, uma outra história, quem sabe... Mas como ia dizendo, ao receber esse comentário lembrei-me que poderia desafiar todos os leitores das minhas historinhas (deprimentes) que as continuem, que lhes dêem um fim. Não interessa se é muito ou pouco, não interessa a forma. Depois as continuações era postadas aqui, e haveríamos de arranjar uma forma de lhe dar visibilidade .

 

Achei que era uma ideia gira. Mas gostava de saber a vossa opinião. Porque se não existirem interessados, não vale a pena, isso inclui-te ó three number three " ( o meu leitor mais assíduo que tem muitos nomes...), e já agora de que forma se dava a selecção.

 

Deêm a vossa opinião.

sinto-me: feliz, mas já com sono
música: Wild Man Blues - Louis Armstrong

05
Set 07
publicado por Andi, às 21:55link do post | comentar | ver comentários (6)

Foi-me passada uma batata quente daquelas... O "Desafio da Taça" foi-me proposto pelo Flame, e consiste em descrever o meu estado de espírito neste momento. É-me dificil fazê-lo, não consigo expressar na integra como me sinto, até porque não me conheço tão bem quanto isso. Existem pedaços de mim que eu não consigo explicar, nem expo-los de maneira coordenada, organizada e racional. Ou não fosse este o blog do irracional...

 

 

Estar a escrever tão abertamente sobre o que sinto não é meu costume, mas existem excepções. E esta é uma delas.

 

Então vamos ao principal. Como me sinto??

 

Agora sinto-me relativamente bem. Trago sempre presente uma sensação de ligação e de obrigação perante muitas coisas. E nem sempre lido bem com isso. Neste momento não me sinto especialmente incomodada com isso. No entanto, existem momentos em que me sinto completamente sufocada, asfixiada e não consigo ficar entre quatro paredes. Anseio por uma fuga, uma quebra desta rotina, desta hipocrisia que é por vezes tudo o que  me rodeia.

 

Luto contra esse sentimento, sei que isto não vai ser sempre assim, mas não me acomodo, não consigo. Libertação é por vezes  a palavra de ordem para mim, nada existe sem isso, nada faz sentido. 

 

Sinto-me, neste momento, um pouco subestimada, muitos me dizem que não consigo, ou não dizem, mas sinto isso.

 

Mas, apesar de tudo, sinto-me contente pelos bons amigos que tenho e que me acompanham nesta trapalhada que é a minha vida. Amores? Nem comento, não há nada a dizer.

 

Depois de ter assustado (quase) todos mostrando um pouquinho de mim,passo este desafio ao Jossy e ao Mijão. Vá,quero ver isso!!

 

tags: , ,
sinto-me: Transparente
música: With Me-Sum41

pesquisar neste blog
 
Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


subscrever feeds
blogs SAPO